Facebook Curtir

Arte do Mosaico faz história no sul do Brasil

A arte do mosaico é antiquíssima. Sinais da sua existência foram encontrados na região da Mesopotâmia - área hoje compreendida pelo Iraque - e datam de 3.500 anos a.C. 

Embora a sua presença tenha sido marcante também na cultura do Antigo Egito, foi na sofisticação do mundo greco-romano que a técnica da arte musiva alcançou a sua maior popularidade, atingindo o seu esplendor no período do Império Bizantino, também chamado Império Romano do Oriente.

No Brasil, a técnica do mosaico obtém notoriedade a partir da chegada ao Rio de Janeiro, em 1843, da princesa napolitana Teresa Cristina, esposa do Imperador Dom Pedro II. Ainda hoje, no Jardim das Princesas, anexo ao Palácio de São Cristóvão, o revestimento em bancos, fontes e paredes com conchas e cacos de louça inglesa revelam o gosto da Imperatriz pela arte musiva, uma das atividades artísticas de sua predileção.   

 Atualmente, a promoção da arte do mosaico no Brasil tem se beneficiado da iniciativa do Circolo Friulano de Santa Maria  e do Ente Friuli nel Mondo, entidades responsáveis pela realização, com o patrocínio da Regione Autonoma Friuli Venezia Giulia, do já conceituado Corso di Introduzione All’arte Musiva a Santa Maria, na cidade de Santa Maria, região central do Rio Grande do Sul. O ensino da técnica tem a colaboração da Scuola Mosaicisti del Friuli, sediada em Spilimbergo, província de Pordenone.

O Curso de Introdução à Arte do Mosaico também ocorre, anualmente, na Itália, na sede da Scuola Mosaicisti del Friuli . A oportunidade é oferecida aos descendentes de imigrantes originários da Região Friuli Venezia Giulia (friulano), com idade entre 20 e 35 anos. As aulas são ministradas em italiano e perfazem 60 horas. O projeto é financiado pela Região Autonoma Friuli Venezia Giulia, através do “Assessorato alla Cultura, Sport, Relazioni Internazionali e Comunitari – Servizio Corregionali all’Estero e Lingue Minoritarie”.

As aulas são ministradas pelas irmãs gêmeas Marielle e Michelle Bonetti, idealizadoras do MANAS BONETTI - Studio d'Arte . Naturais de Urussanga (SC), as duas participaram, em 2014, do percurso formativo trienal do curso regular de mosaico artístico na Scuola Mosaicisti del Friuli e hoje são destaque no mundo da arte musiva no Brasil.

Durante o curso em Santa Maria, compostos por 48 horas/aula, os alunos recebem informações sobre a história e a evolução das técnicas de mosaico e as tendências da arte musiva. Além da parte teórica, os estudantes aprendem sobre o corte e a preparação das peças com a utilização de martelos e materiais tradicionais. Também são executados pequenos mosaicos em técnica direta. Os tipos de mão-de-obra desempenhados durante o curso variam entra a técnica romana (recomendado para iniciantes) e o mosaico bizantino até o moderno e contemporâneo.

São disponibilizados aos participantes, as ferramentas e utensílios de uso pessoal - martellina, tagliolo, pinça, espátula, estilete, óculos de proteção -, assim como os materiais para a confecção dos mosaicos. Ao final do curso, é emitido um certificado de presença da Scuola Mosaicisti del Friuli

A próxima edição do curso – a terceira – será realizada no segundo semestre de 2018, porém a data ainda não foi definida.  As vagas são limitadas.

Informações:

Circolo Friulano di Santa Maria da AISM
Rua do Acampamento, 255 - Santa Maria/RS
Fone: (55) 3221-4928 e Fax: (55) 3223-3100 
E-mail: circolofriulano.sma@gmail.com 



1 Comentários


  1. Manas Bonetti - Studio d'Arte
    20 Out 2017
    Salve carissimi!
    Gratas pela matéria e pelo apoio da difusão da arte musiva aqui no Brasil!
    Contudo, gostaríamos apenas de fazer uma observação sobre nossa formação. Somos qualificadas como mestres mosaicistas pela Scuola Mosaicisti del Friuli de Spilimbergo (Itália), após frequentar o percurso formativo regular de três anos, no período de 2011 a 2014.
    Mandi, mandi...
    Marielle e Michelle - Manas Bonetti
    www.facebook.com/manasbonettistudio/

Seu comentário

  • Oriundi

    Giornalismo fatto con passione