Cursos Italiano Jurídico 2018

As 11 melhores coisas para fazer em Palermo

Palermo, capital da Sicília, é a quinta cidade mais populosa da Itália, com cerca de 700 mil habitantes. Eleita a Capital Italiana da Cultura 2018, é considerada a cidade mais árabe da Europa.

Em seus primórdios, Palermo foi habitada por um povo conhecido por Sicani que teria chegado à ilha por volta de 8000 a. C. , cujas manifestações artísticas estão registradas nas cavernas de Adduara, nos arredores de Palermo. Em 734 a.C, foi dominada pelos fenícios que criaram ali uma comunidade comercial e a batizaram com o nome de Zyz. 

Palermo foi também uma província Grega e Romana. Foi ocupada por invasores Germânicos, no século V, e por Sarracenos, vindos do norte da África, que rebatizaram cidades e construíram elegantes mesquitas, de acordo com a sua crença religiosa. 

Cercaram Palermo em 831 e chamaram-lhe Balharm, tencionando transformá-la num centro de cultura islâmica que conseguisse rivalizar com Cairo e Córdoba. Foi capital da Sicília arábica até 1072. 

É considerada a cidade mais árabe da Europa.

Assista aqui ao vídeo

Reconquistada pelos Cruzados em 1072, Palermo teve suas mesquitas convertidas em igrejas e construíram-se novos castelos. Muitas das edificações construídas nesta data ainda hoje são verdadeiras maravilhas, como a igreja de San Giovanni degli Eremiti, a Cappella Palatina e o Oratorio di Santa Zita.

Leia aqui mais sobre a História de Palermo

O site Visit Palermo elegeu as 11 melhores coisas para fazer em Palermo, as quais transcrevemos aqui abaixo: 

11 - Tome um café da manhã fresco com granita e brioche

Nos dias quentes da primavera e do verão, o brioche macio e perfumado com um pequeno botão de massa no topo é perfeito para ser apreciado com uma granita fresca. Granita é uma bebeida típica siciliana, cujas raízes remontam à Idade Média, quando os habitantes coletavam a neve no Monte Etna e a mantinham durante todo o ano para, nos meses de calor, misturada a xaropes ou limão, servirem-na à nobreza.

10 - Descobrir a arte siciliana-normanda, única no mundo

Cultura ou arte normando-árabe-bizantina ou árabe-normanda são os nomes que a historiografia dá à cultura e arte da Sicília e do sul da Itália, durante o período da conquista normanda (1040 a 1189); fortemente influenciada pelo substrato da arte e cultura bizantina anterior e árabe (séculos VI a XI). Sua principal característica é o ecletismo.

Igrejas a visitar: A Catedral, a Capella Palatina, Martorana,  San Giovanni degli Eremiti, San Cataldo.

9 - Ir aos mercados em busca de tradições e produtos locais

Os mercados históricos são quatro:

• La Vucciria, entre a Piazza Caracciolo e os arredores, já foi uma loja de carnes.

• Il Capo está localizado no distrito de mesmo nome e é da era muçulmana: ele se eleva ao longo das ruas de Carini e Beati Paoli, a Via di S.Agostino e Via Cappuccinelle.

• Ballarò vai da Piazza Casa Professa às muralhas de Corso Tukory em direção à Porta Sant'Agata e muitos a escolhem pela presença de comida cozida e de rua.

• O Borgo Vecchio, entre a Piazza Sturzo e a Piazza Ucciardone, permanece aberto até tarde, dando à área um toque tradicional, mas exótico, mesmo no crepúsculo.

8 - Experimentar a lendária comida de rua

Macarrão com erva-doce e pinhão selvagens, Macarrão com sardinha, Parmigiana, Caponata, Anchovas em rolo, Pão e Panela, Croquetes de batata, Sfincione, Anelletti assado (massa assada), a famosa frittula, arancine e stigghiole. A comida de rua de Palermo é única, nascida há muito tempo, não vai deixar o seu paladar indiferente.

7 - Descubrir a Palermo subterrânea descendo até o Qanat 

Estes antigos aquedutos do período árabe são alcançados acompanhados pelos guias das associações que organizam as excursões subterrâneas em diferentes períodos do ano. 14 metros foram escavados no subsolo e a experiência é realmente emocionante.

6 - Subir a pé em direção ao Monte Pellegrino (o acchianata)

Na montanha sagrada é o local de culto a Santa Rosalia - uma mártir que parou a peste na cidade, em 1624. As vistas de tirar o fôlego abrem para o porto e para a maravilhosa Mondello. A subida tradicional, da qual participam muitos jovens, acontece no dia 4 de setembro.

5 - Descobrir a rara vegetação do Jardim Botânico

Fundada no final do século XVIII para contribuir com o desenvolvimento das ciências botânicas, da medicina e da agricultura, e para decorar ainda mais a cidade. Entre suas avenidas existem espécies muito raras, como a amada árvore de algodão.

4 - Conhecer a Palazzina Chinesa

É uma das mais belas residências da cidade de Palermo, uma pequena jóia de arte e arquitetura construída no final dos anos 1700. Real Casina Chinese também foi o lar do rei Ferdinand IV de Bourbon. O edifício reflete um gosto e um amor pela arte oriental que se espalhou na Europa já em 1600 e que levou muitos nobres a adornar suas casas com referências à arte chinesa.

3 – Apaixonar-se pelo antigo coração de Palermo – a Igreja do Spasimo

A Igreja de Spasimo nunca foi uma igreja. A atmosfera fascina turistas e moradores locais que gostam de passar as horas de silêncio entre as antigas muralhas. O prédio está localizado no Kalsa, um antigo bairro árabe, sua construção remonta ao século XVI. Tornou-se um teatro, um hospital, um armazém e um hospital. No século XX, os terremotos danificaram o edifício que somente em 1988 foi restaurado e depois devolvido à cidade, em 1995. Ele abriga diversas manifestações culturais, musicais e exposições.

2 - Assombrar-se com o milagre da pequena "que dorme"

Por quase cem anos, o milagre de Rosalia Lombardo, no Convento dos Capuchinhos, é conhecido por todo o mundo. O bebê, que morreu dois anos depois de uma provável pneumonia, em 1920, foi mumificado por seu pai. O método utilizado permitiu a conservação perfeita até hoje, tanto que parece estar apenas dormindo. 

1- Admirar a beleza de Mondello

A dois passos de Palermo está Mondello, um balneário na Sicília, renomado pela beleza de suas praias, também pelo clima ameno, o valor de seu contexto histórico-arquitetônico e a presença de excelentes instalações. A praia é considerada uma das mais bonitas do mundo.



0 Comentários


Seu comentário

  • Oriundi

    Giornalismo fatto con passione