Facebook

Pompéia revela ao mundo novas descobertas

Dois gladiadores no final da luta, um vence e o outro sucumbe. Este é o cenário do último afresco encontrado em Pompéia, na área da Regio V, como parte do trabalho para proteger e remodelar frentes de escavações, previstas pelo Projeto Grande Pompéia

A imagem reproduz a luta entre um "Mirmillone" e um "Trace", dois tipos de lutadores que se distinguiam por usar armaduras diferentes e eram oponentes clássicos nas lutas de gladiadores. A imagem apresentam de forma realista as feridas, como a do pulso e a do peito do gladiador malsucedido, que deixa o sangue escapar e molhar as perneiras.

O afresco, com 1,12 metro por 1,5 metro, tem uma forma trapezoidal e ficava abaixo de uma escada de madeira. Provavelmente decorava um ambiente freqüentado por gladiadores, talvez uma taberna com um andar superior, destinado a abrigar os proprietários da empresa ou com a mesma frequência, especialmente devido à presença de gladiadores, destinados a prostitutas.

"O sítio arqueológico de Pompéia, até alguns anos atrás, era conhecido mundialmente por sua imagem negativa: os tremores, as greves e as filas de turistas ao sol. Hoje é uma história de redenção e de milhões de turistas a mais. Hoje é um local acolhedor, mas, acima de tudo, é um local onde retornamos à pesquisa, através de novas escavações. A descoberta deste afresco mostra que Pompeia é uma mina inesgotável de pesquisa e conhecimento para os arqueólogos de hoje e do futuro ", comemorou o Ministro para o Patrimônio e as Atividades Culturais e do Turismo da Itália, Dario Franceschini.