Facebook

OSPA abre temporada 2013 com homenagem a Giuseppe Verdi e Richard Wagner

Depois de assistir, em 2012, ao início das obras de sua Sala Sinfônica e à instituição de um plano de cargos e carreiras que a expande e qualifica, a Orquestra Sinfônica de Porto Alegre (Ospa), da Secretaria de Estado da Cultura (Seduc), prepara uma programação de alta qualidade musical para 2013. Além de receber excelentes maestros e solistas, brasileiros e estrangeiros, a orquestra apresentará um repertório que contempla grandes obras do cânone da música de concerto, visita peças que há muito não apresenta, dialoga com a tradição da música popular e promove quatro estreias.

Serão 23 concertos oficiais, mais as apresentações de abertura e encerramento da temporada, dois concertos populares, três noites de ópera, cinco concertos didáticos, o já tradicional circuito pelo interior do Rio Grande do Sul e os concertos especiais.

A temporada abre no dia 12 de março, com cortina lírica homenageando os 200 anos do nascimento de Giuseppe Verdi (1813-1901) e Richard Wagner (1813-1883), em concerto no Teatro do Sesi. A regência será de Luiz Fernando Malheiro, reconhecido pela crítica como o principal nome da ópera no Brasil, diretor artístico e regente titular da Orquestra Amazonas Filarmônica e do Festival Amazonas de Ópera.

Até o final do ano, sobem ao palco com a Ospa nomes como Viktor Uzur, famoso violoncelista russo radicado nos Estados Unidos; Radovan Vlatkovi, trompista croata, professor do Mozarteum, em Salzburg; a pianista Galina Petrova e o violinista e regente Maxim Fedotov, professores do tradicional Conservatório Tchaikovsky de Moscou; Milan Rericha, premiado clarinetista tcheco radicado na Suíça; Rachel Barton Pine, prestigiada violinista norte-americana; e Nicolás Pasquet, maestro uruguaio, diretor artístico da Orquestra Estadual do Teatro de Coburg, na Alemanha, e professor da Faculdade Superior de Música Franz Liszt, em Weimar.

Regentes que se destacaram nas últimas temporadas da orquestra, como Ira Levin, Karl Martin, Cláudio Cruz, Roberto Tibiriçá, Nobuaki Nakata e Nicolas Rauss, retornam em 2013. O espanhol Enrique Ricci, que esteve à frente da bem-sucedida montagem da ópera Cavalleria Rusticana no ano passado, regerá dois concertos, bem como o coreano radicado nos Estados Unidos Shinik Hahm. O japonês Kiyotaka Teraoka dirige a orquestra em quatro apresentações.

Entre os solistas convidados brasileiros, estão Fernando Dissenha, trompete-solo da Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo (Osesp); Daniella Carvalho, soprano carioca radicada nos Estados Unidos; Alexandre Dossin, porto-alegrense, professor da Universidade de Oregon, nos Estados Unidos; Laura de Souza, soprano gaúcha radicada em São Paulo; Martin Muehle, tenor gaúcho também radicado em São Paulo; Catarina Domenici, pianista paulista, professora da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS); Cristina Capparelli, pianista mineira, também professora da UFRGS, e Inge Volkmann, ex-spalla dos violoncelos da Ospa. No âmbito da música popular brasileira, os convidados da Ospa este ano são a Banda Mantiqueira, os grupos Nenhum de Nós e Os Fagundes e o acordeonista Renato Borghetti.

Nos programas da temporada 2013, a produção contemporânea brasileira ganha atenção especial. Terão sua primeira audição três obras de jovens compositores premiados no concurso da Ospa no ano passado: Lume, de Gabriel Penido (MG); Enigmática, de Renato Segati (PR), e Samba nº II para Orquestra, de Ricardo Castro (DF). Além disso, será feita a estreia mundial do Concerto para trompete e orquestra, obra de Arthur Barbosa, encomendada pelo trompetista da Osesp Flávio Gabriel, e também será apresentado o Concerto para violino e cordas, composto por Dimitri Cervo em 2012, sob encomenda do violinista Emmanuele Baldini, spalla da Osesp.

Outros destaques do repertório são a centenária A Sagração da Primavera, de Igor Stravinsky, que escandalizou o público parisiense em 1913; a Sinfonia n° 3, do compositor polonês Witold Lutoslawski (1913-1994), que completaria 100 anos em 2013; Longe, de György Ligeti (1923-2006), que comemoraria seus 90 anos e nunca teve uma obra executada pela Ospa; O Mandarim Miraculoso, de Béla Bartok, e a Sinfonia nº 10, de Dmitri Shostakovich, que terão suas segundas execuções na história da orquestra; Noite Transfigurada, do austríaco Arnold Schoenberg, cuja obra foi pouco visitada pela Ospa até hoje; e ainda a Sinfonia nº 5, de Gustav Mahler.

O público cativo da música lírica terá novamente oportunidade de assistir a uma ópera em forma de concerto executada pela Ospa. Depois do sucesso da Cavalleria Rusticana em 2012, a orquestra agora levará ao palco Fidélio, de Ludwig van Beethoven, sob regência do maestro sueco radicado na Alemanha Carlos Spierer, 45 anos depois da última montagem na íntegra que fez desta obra.

Para os amantes da música coral, o Coro Sinfônico da Ospa terá quatro participações importantes na temporada da orquestra, sob a batuta do maestro Manfredo Schmiedt, apresentando o Te Deum, de Anton Bruckner; a Missa de Réquiem, de Giuseppe Verdi; o Choros nº 10, de Heitor Villa-Lobos, e o Oratório Liverpool, de Paul McCartney.

Outras informações sobre a Temporada 2013 da Ospa no site ou pelo telefone (51) 3222-7387.

Abertura da Temporada

12.03 - Teatro do Sesi
Homenagem aos 200 anos do nascimento de Giuseppe Verdi e Richard Wagner
Regente: Luiz Fernando Malheiro (SP/AM)

Música no Palácio
19.03 - Salão Negrinho do Pastoreio - Palácio Piratini
Festival Mozart
Regente: Manfredo Schmiedt (RS)

1º Concerto Oficial
26.03 - Theatro São Pedro
Festival Beethoven
Regente: Enrique Ricci (Espanha)
Solista: Aleyson Scopel (piano, RJ)

2º Concerto Oficial - Homenagem ao Dia Mundial do Autismo
09.04 - Obras de Gabriel Penido (Vencedor Concurso Ospa), Haydn e Sibelius
Regente: Nicolas Rauss (Suíça)

3º Concerto Oficial
16.04 - Obras de Dvorak e Bruckner
Regente: Manfredo Schmiedt (RS)
Solistas: Inge Volkmann (violoncelo, RS)
Participação: Coro Sinfônico da Ospa

Concerto Popular
21.04 - Parque Farroupilha (Redenção)
Regente: Tiago Flores (RS)
Com Nenhum de Nós, Os Fagundes e Renato Borghetti

4º Concerto Oficial
30.04 - Obras de Sibelius e Prokofiev
Regente: Kiyotaka Teraoka (Japão)

5º Concerto Oficial
07.05 - Sinfonia n° 5, de Mahler
Regente: Kiyotaka Teraoka (Japão)

6º Concerto Oficial
14.05 - Obras de Webern, Mahler, Haydn e Renato Segati (Vencedor Concurso Ospa)
Regente: Karl Martin (Alemanha)

7º Concerto Oficial
21.05 - Obras de Britten, Mendelssohn e Schoenberg
Regente e solista: Cláudio Cruz (SP)

8º Concerto Oficial
28.05 - Obras de Debussy, Mozart e Ravel
Regente: Ransom Wilson (Estados Unidos)
Solista: Bridget Kibey (harpa, Estados Unidos)

9º Concerto Oficial - Homenagem à Sociedade Veterinária
04.06 - Obras para sopros e percussão

10º Concerto Oficial
11.06 - Obras de Cervo, Spohr e Beethoven
Regente e solista: Emmanuele Baldini (Itália/BRA, SP)

11º Concerto Oficial
18.06 - Obras de Tchaikovsky e Strauss
Regente: Shinik Hahm (Coréia/EUA)
Solista: Fabio Presgrave (violoncelo, RJ)

12º Concerto Oficial
25.06 - Missa de Réquiem, de Verdi
Regente: Shinik Hahm (Coréia/EUA)
Participação: Coro Sinfônico da Ospa

13º Concerto Oficial
02.07 - Obras de Brahms e Hindemith
Regente: Nobuaki Nakata (Japão)
Solistas: Adrian Pinzaru (violino, Romênia/Itália), Romain Garioud (violoncelo, França)

14º Concerto Oficial
09.07 - Obras de Beethoven e Tchaikovsky
Regentes: Maxim Fedotov (Rússia) e Tiago Flores (RS)
Solistas: Galina Petrova (piano, Rússia) e Maxim Fedotov (violino, Rússia)

15º Concerto Oficial - Homenagem aos 189 anos de imigração alemã
23.07 - O Mandarim Miraculoso, de Bartok
Regente: David Del Pino (Peru/Chile)

Concerto Especial
09, 10 e 11.08 - Theatro São Pedro
Ópera Fidelio, de Beethoven
Regente: Carlos Spierer (Suécia/Alemanha)

Concertos Didáticos
29, 30.08 e 02, 03 e 05.09
Regente: Tiago Flores

16º Concerto Oficial
17.09 - Obras de Shostakovich e Spohr
Regente: Ira Levin (Estados Unidos)
Solista: Milan Rericha (clarinete, República Checa/Suíça)

17º Concerto Oficial
24.09 - Obras de Ligeti, Shostakovich e Lutoslawski
Regente: Antonio Borges-Cunha (RS)
Solistas: Catarina Domenici (piano, RS) e Fernando Dissenha (trompete, SP)

Concerto Popular
29.09 - Auditório Araújo Vianna
Regente: Tiago Flores (RS)
Com Banda Mantiqueira

18º Concerto Oficial
08.10 -Obras de Gershwin e Grofé
Regente: Manfredo Schmiedt (RS)
Solista: Cristina Capparelli Gerling (piano, RS)

19º Concerto Oficial
22.10 - Concerto para violoncelo, de Ivan Jevtic
Regente: Kiyotaka Teraoka (Japão)
Solista: Viktor Uzur (violoncelo, Rússia)

20º Concerto Oficial
29.10 - Obras de Stravinsky e R. Strauss
Regente: Kiyotaka Teraoka (Japão)
Solista: Radovan Vlatkovi? (trompa, Croácia/áustria/Espanha)

21º Concerto Oficial
12.11 - Obras de Ricardo Castro (Vencedor Concurso Ospa) e Villa-Lobos
Regente: Roberto Tibiriça (SP/MG)
Solista: Alexandre Dossin (piano, BRA, RS/EUA)
Participação: Coro Sinfônico da Ospa

22º Concerto Oficial
19.11 - Obras de Arthur Barbosa, Piazzolla e Ravel
Regente: Enrique Ricci (Espanha)
Solista: Flávio Gabriel (trompete, SP)

23º Concerto Oficial
26.11 - Obras de Vaughan Williams, Sarasate e R. Strauss
Regente: Nicolás Pasquet (URU/ALE)
Solista: Rachel Barton Pine (violino, EUA)

Concerto Especial de Encerramento da Temporada
19.12 - Oratório Liverpool, de Paul McCartney
Regente: Manfredo Schmiedt
Participação: Coro Sinfônico da Ospa