Cursos Italiano Jurídico 2018

Rossini no Theatro Municipal do Rio

A Companhia Brasileira de Ópera estreia nesta quarta-feira (24/11) a ópera O Barbeiro de Sevilha, no Theatro Municipal, da Secretaria de Cultura. O espetáculo de Gioachino Rossini fica em cartaz até o dia 28/11, com direção artística do maestro John Neschling e produção de José Roberto Walker.

O Rio de Janeiro será a última cidade visitada pela turnê da Cia Brasileira de Ópera, que percorreu 15 cidades brasileiras. A primeira apresentação nacional aconteceu em Belo Horizonte, no Palácio das Artes, em junho passado. No Rio de Janeiro, serão cinco récitas adultas (com duas horas e meia de duração) e duas infantis (50 minutos). A apresentação para crianças, marcada para o dia 26/11, será fechada para escolas públicas municipais, numa parceria entre a companhia e o Theatro Municipal.

A montagem apresenta proposta inovadora: cenários e personagens desenhados pelo cartunista ítalo-americano Joshua Held interagem com cantores reais, capturando a atenção de adultos e crianças.

- O Brasil tem uma grande tradição em ópera e um grupo enorme de artistas e cantores que não encontram as condições de exercer o seu trabalho de maneira adequada. Nossa ideia foi criar uma companhia bem estruturada, que atinja grandes públicos e, também, que ofereça aos profissionais uma possibilidade digna de sobreviverem com sua arte - explica John Neschling.

Com passagem por cidades das cinco regiões do país, essa que é a primeira turnê da Cia. Brasileira de Ópera é um desafio de logística, explica o diretor executivo José Roberto Walker:

- A cada semana, temos nos apresentado em um estado diferente. Isso significa um trabalho gigantesco para nossa equipe de produção, que precisa adaptar o espetáculo aos mais variados teatros no país.

Participaram de cada etapa da turnê mais de 70 artistas e técnicos. Até o fim da temporada serão mais 200 profissionais envolvidos em todo o Brasil. Além de Neschling, a Cia. também tem como regentes residentes os maestros Abel Rocha e Victor Hugo Toro. O diretor italiano Pier Francesco Maestrini assina a concepção cênica da ópera, e Walter Neiva e Mauro Wrona são diretores residentes.

Serviço

Local: Theatro Municipal (Praca Marechal Floriano S/N – Centro – Rio de Janeiro)

Datas e horários: Récitas adultas:

Dias 24 a 27 de novembro, às 20h

Dia 28 de novembro, às 19h

Récitas infantis:

Dia 26 de novembro (fechado para escolas municipais)

Dia 28 de novembro, às 16h

Preços

Récitas adultas: R$ 30 a R$ 84

Récita infantil: R$ 2 



0 Comentários


Seu comentário