Facebook

Consulado da Itália em Curitiba divulga novo edital de convocação

Após forte manifestação em vídeo do advogado Luiz Scarpelli, onda de manifestações fez com que o edital anterior, publicado na semana passada, fosse anulado.

O Consulado Geral da Itália em Curitiba divulgou uma nova convocação para os ítalo-descendentes inscritos para o reconhecimento da cidadania italiana por descendência iure sanguinis. O edital foi publicado no site do consulado, nesta quarta-feira (26), e contempla três mil pessoas inscritas, em lista de espera, cujos protocolos vão do número 48.001 ao 51.000.

ACESSE AQUI A NOVA CONVOCAÇÃO

Os documentos comprobatórios deverão ser apresentados no prazo de seis meses da data da publicação do novo edital, ou seja, até o dia 26.08.2020. Aqueles que forem convocados e não comparecerem, no período determinado, deverão fazer nova inscrição e aguardar uma futura convocação.

Os ítalo-descendentes convocados deverão apresentar-se pessoalmente, na sede do Consulado – não é permitida a delegação de um representante - , sem a necessidade de agendamento prévio, exclusivamente, nas segundas-feiras, das 14h às 17h15, nas terças-feiras, das 9h às 12h30, e quartas-feiras, das 9h às 12h30.

Nas instruções divulgadas neste novo edital, a documentação deixa de ter prazo de validade. Já o prazo para a análise dos documentos e o reconhecimento da cidadania italiana continua sendo os 730 dias.

AQUI O DOCUMENTO CONSULAR COM AS REGRAS PARA A APRESENTAÇÃO DOS DOCUMENTOS

Exigências inexequíveis do Consulado da Itália em Curitiba

O advogado ítalo-brasileiro Luiz Scarpelli, especialista em cidadania italiana pela via judicial paterna e materna em Roma, fundador da “Corrente do bem”, que conta com quase 5.000 apoiadores, foi o primeiro a denunciar em vídeo as exigências inexequíveis do Consulado Geral da Itália em Curitiba, na apresentação dos documentos para o reconhecimento da cidadania italiana por descendência. As regras do consulado foram divulgadas, no último dia 17, na convocação dos requerentes da cidadania. 

ASSISTA AQUI AO VÍDEO COM AS DENÚNCIAS

As denúncias foram veiculadas por Scarpelli, na mesma segunda-feira (17), à tarde, logo após a divulgação das regras no site do consulado. Informações, ainda não confirmadas, dão conta que a Embaixada da Itália, após a repercussão e os desdobramentos das denúncias feitas pelo advogado, teria decidido pelo cancelamento do edital que, entretanto, continua publicado, sem qualquer alteração.