Cursos Italiano Jurídico 2018

Brasileiro precisa de visto para entrar na Itália? 

O brasileiro que viaja para a Itália a turismo não necessita de visto, se a permanência no país não for superior a 90 dias. Ultrapassado esse período, a pessoa passa à condição de clandestinidade, o que é considerado crime pela lei italiana. A pessoa clandestina pode sofrer consequências, como responder a processo, ser expulsa do país e ficar impedida de entrar no espaço Schengen por um período de 10 anos. O visto de turista não pode ser revogado.

Após transcorrer o prazo de 90 dias, Somente é possível entrar novamente na Itália (ou em qualquer país que faça parte do espaço Schengen) e permanecer por mais três meses como turista, de forma regular, após transcorridos 6 meses da data do primeiro ingresso. A verificação é feita com base nos carimbos de entrada e saída no passaporte.

Passaporte e recursos financeiros

Além de portar o passaporte com validade superior a três meses da data prevista de saída do território europeu, o setor de imigração poderá solicitar informações sobre recursos disponíveis para permanecer na Itália, durante o período da viagem. A disponibilidade de recursos financeiros poderá ser demonstrada mediante a exibição de dinheiro em espécie, títulos de crédito ou comprovante de fonte de renda na Itália. 

Alojamento

Pode ser solicitadas, também, informações sobre onde irá ocorrer o alojamento de quem ingressa na Itália. A comprovação poderá ser feita por meio da reserva em hotel, no caso de viagem de turismo, ou  lettere di invito. (Com informações do Consulado Geral do Brasil em Roma)

SAIBA MAIS AQUI



0 Comentários


Seu comentário