Facebook

Italiano publica livro sobre a trajetória de Garibaldi na América Latina

Inspirado pela história de amor, vida e luta de Giuseppe Garibaldi, o jornalista e escritor italiano Mauro Gavillucci pegou a estrada e percorreu o mesmo trajeto do guerrilheiro e general. Assim nasceu o livro “Um italiano seguindo o caminho de Garibaldi entre Brasil, Uruguai e Argentina”.

A primeira versão, em italiano, foi publicada e lançada em 2011. Agora, este mês, o livro ganha a versão em português. “Ele sai da gráfica na terça-feira e será lançado no dia 16. A ideia deste livro nasceu da fascinação pela história de Garibaldi. Na Itália, por exemplo, pouco se encontra sobre o período em que ele esteve no Brasil”, explica Mauro.

Para colocar o livro em prática, o autor se aventurou pelo mesmo trajeto percorrido por Garibaldi no Brasil, Uruguai e na Argentina, somando quase 13 mil km. “A viagem ocorreu em 2010 e no ano seguinte saiu a versão italiana. Resolvi fazer o trajeto porque moro na mesma cidade onde foi sepultado o filho de Anita e Garibaldi, Domenico Menotti Garibaldi, que inclusive é o único brasileiro entre os filhos do casal. A escola onde estudei na infância também tinha o nome dele. É como se sentisse Garibaldi pedindo para que eu contasse essa história”, revela o escritor.

A experiência, ressalta ele, foi maravilhosa. “Visitei muitos lugares, ganhei livros, foi incrível. Aliás, meu próximo plano é escrever um ‘roteiro garibaldino’, com dicas de hospedagem, gastronomia e lugares por onde Garibaldi passou”, revela.
 
O livro, diz Mauro, ainda pode ser lido de quatro formas: a normal, ou seja, página por página; por imagens e legendas; por capítulos pares; e pelos ímpares. “Se a pessoa ler somente os capítulos pares, terá a parte histórica de Giuseppe e Anita. Se preferir ler apenas os ímpares, terá as minhas histórias durante a trajetória da viagem. Algo bem diferente para os leitores”, acrescenta o escritor.
 
Os planos do escritor também se estendem para além do próximo livro. Mauro trabalha em um projeto onde a venda de cada exemplar, terá uma porcentagem do valor destinado para a Bolsa Estudo Anita, uma criação em desenvolvimento pelo autor e a editora de seu livro. "A intenção é promover oportunidades de estudo para que alunos de escolas agrícolas dos estados de Santa Catarina e Rio Grande do Sul. Espero conseguir que pelo menos 1 aluno realize essa viagem de estudo em 2017”, adianta Mauro. (Fonte: Diário do Sul/Secom Laguna)