Facebook

Deputado quer incluir suco de uva na merenda escolar

 Produção gaúcha de suco de uva deve fazer parte da merenda escolar 
 
Pensando nos benefícios tanto à saúde dos estudantes como à economia do Rio Grande do Sul, o deputado  estadual José Sperotto (DEM) quer incluir o suco de uva produzido no Estado no cardápio da merenda escolar da rede pública estadual de ensino. A ideia está no Projeto de Lei nº 16/2009, apresentado pelo parlamentar, no início do mês, à Assembleia Legislativa.

"A aprovação do projeto será um passo importante para a melhoria da qualidade de vida dos pequenos estudantes, especialmente porque o suco de uva, além de não apresentar efeito colateral nocivo, possui um antibiótico natural chamado resveratrol", explica o parlamentar.

Produzido pela videira para proteger os cachos de uva contra fungos e umidade, o resveratrol tem se mostrado eficaz no combate aos radicais livres e à hipertensão. O consumo contínuo do suco de uva possui efeito antiplaquetário, inibindo a formação de trombos, que obstruem as artérias, e, consequentemente, prevenindo a arteriosclerose e as demais doenças cardiovasculares.

Conforme Sperotto, além dos benefícios à saúde, o consumo do produto contribui para o incremento da produção e renda do setor da vitivinicultura, "hoje bastante prejudicado com a entrada de grandes quantidades de vinhos estrangeiros".

Tramitação

Neste momento, o projeto cumpre período de pauta de dez dias úteis no Departamento de Assessoramento Legislativo. Concluído o processo, segue para a Comissão de Constituição e Justiça, responsável por analisar a legalidade, juridicidade e constitucionalidade da matéria, e então à respectiva comissão de mérito. Depois de passar pelas comissões, segue para apreciação do plenário da Casa.