Facebook

Vila Flores é a Capital Estadual do Filó

O deputado Gilmar Sossella (PDT) comemorou, nesta terça-feira (16), a aprovação por unanimidade, na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Assembleia Legislativa, do Projeto de Lei 389/15, de autoria do parlamentar. A iniciativa, que declara Vila Flores como a Capital Estadual do Filó, foi sugerida pela administração do município, que auxiliou na fundamentação do projeto.

O filó era um costume cultivado pelos imigrantes vênetos no Rio Grande do Sul, hábito trazido com eles da Itália. Tratava-se de um momento de descontração e de alegria realizados na casa de um vizinho, onde eram servidos itens da gastronomia típica, de acordo com a estação do ano.

Com o passar dos anos, no entanto, este costume foi se perdendo. Para evitar o esquecimento deste ritual italiano, o município de Vila Flores passou a resgatar, desde 1994, as tradições e costumes dos imigrantes, com o Filó de Vila Flores.

Para que o cenário fosse o mais original possível, uma casa típica italiana, do interior do município, foi restaurada e transportada para um local mais central e de fácil acesso da cidade. O imóvel possui dois andares, sendo que no superior são comercializados os trabalhos manuais feitos por artesãos do próprio município. O evento acontece em três principais momentos: o primeiro é a recepção dos visitantes; o segundo é a reflexão; e o terceiro, a diversão.

O PL recebeu parecer favorável do relator, deputado Elton Weber (PSB), que considerou que a iniciativa respeita todos os preceitos legais e jurídicos. Agora, o projeto irá para análise na Comissão Educação, Cultura, Desporto e Tecnologia da Assembleia Legislativa.

“O Filó de Vila Flores é hoje um produto turístico que projeta e a cidade e a região. Queremos agradecer a todos os deputados e ao colega Elton Weber pelo apoio desta iniciativa que faz um resgate histórico de uma cultura tão importante para o nosso Estado”, destacou Sossella.
Fonte: Agência de Notícias ALERS/ Melissa Bulegon